• 19/06/2024
  • por Resenha Politika

Festa

São João: confira como cuidar da pele após queimadura

São João: confira como cuidar da pele após queimadura

Comida típica, quadrilha, festa junina e fogueira: o São João é cheio de tradição, mas é preciso cuidado com o contato mais próximo com o fogo, que pode causar queimaduras de até terceiro grau, gerando deformidades e até levar à morte, em casos mais graves e menos frequentes. O dermatologista da Hapvida NotreDame Intermédica, Diogo Pazzini, alerta sobre como proceder em caso de algum acidente.

“Muita gente acha que as brincadeiras com fogo não podem causar queimaduras graves; mas os ferimentos podem ir do primeiro ao terceiro grau a depender da extensão e profundidade da lesão. Portanto é importante afastar crianças dessas fogueiras e ter cuidado com a manipulação quando for acendê-las”, explica.

Apesar de ser mais citada nesta época do ano, as queimaduras acontecem todos os meses e fazem diversas vítimas. De acordo com a Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ), é registrado anualmente cerca de 1 milhão de pessoas com queimaduras das quais crianças e idosos são a parcela mais vulnerável da população. Ainda conforme a entidade, os incidentes costumam ocorrer em casa.

O médico conta que o ferimento pode ser desde uma queimadura leve, que causa uma vermelhidão e ardência – sendo classificada como "primeiro grau", ou algo mais intenso, que costuma ter formação de bolhas, se enquadrando na queimadura de segundo grau, ou ainda apresentar sinais de pele carbonizada, com áreas afetadas profundamente, que é o caso do acidente em terceiro grau.

Tratamento – O cuidado com a queimadura depende do grau da lesão. Nos casos mais leves, nem sempre é necessário levar até uma unidade de saúde imediatamente, sendo importante, mesmo em casa, manter a área hidratada usando óleo mineral ou vaselina líquida, conforme orientação do dermatologista. A lavagem com água corrente também é uma opção.

“No caso de formação de bolhas, elas não devem ser estouradas, pois funcionam como um curativo biológico natural que protege a área afetada”, detalha Pazzini, o qual reforça que, nesses casos e em casos mais graves, é fundamental procurar uma urgência.

Quando ir ao médico – A ida ao médico é obrigatória para queimaduras de segundo ou terceiro grau; nas de maior extensão, ainda que não pareçam graves, e quando for causada por fogo, corrente elétrica ou substância química.

Cuidados no São João – A prevenção é o melhor cuidado contra acidentes com fogos. É importante manter uma distância de fogueiras e fogos de artifício, fazer o manuseio seguro dos itens e evitar roupas soltas, que possam facilmente pegar fogo com o contato. Crianças e animais de estimação devem estar sob vigilância dos responsáveis.

Comentários